Análisis de Nivel Sub-Nacional de Política de Desarrollo de Biotecnología en Brasil: Innovación Tecnológica y la Salud Humana en el Estado de Bahía

Daniela Caffé de Oliveira, Ilka Biondi

Abstract


The potential of biotechnology for research and development (R & D) in various areas of knowledge is reflected in actions for the promotion of technological innovation in Brazil from the demands of productive sectors and health. Considering the Brazilian scenario regarding the weaknesses and strengths of the Health Industrial Complex (HIC), the aim of this study was to analyze the current stage of implementation of the National Biotechnology Development Policy (PDB) in the State of Bahia, in the sector of human health, considering the structural actions - (i) investments, (ii) human resources, (iii) infrastructure. Through an exploratory descriptive study were identified developments, in particular the existence of programs “Bahia Inovação” and “Empreende Bahia” that stimulates entrepreneurship and technological innovation. However, in spite of the existing scientific and technological capacity in the state, there are few projects submitted and funded in the field of biotechnology.

Keywords


Biotechnology Policy, Innovation, Human Health, Biotechnology in Bahia

Full Text:

PDF [es] (Español)

References


AUCÉLIO, J. G. & SANT’ANA,P. J. P. (2006). Trinta anos de políticas públicas no Brasil para a área de Biotecnologia. Parcerias Estratégicas, Número 2, dezembro.

BRASIL. (2007). Presidência da República. Casa Civil. Política de Desenvolvimento da Biotecnologia, Decreto Nº 6.041. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2007-2010/2007/decreto/d6041.htm [Acesso em 12 ago. 2010].

BRASIL. (2008). Ministério da Saúde. Secretaria de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos. Departamento de Ciência e Tecnologia. Política nacional de ciência, tecnologia e inovação em saúde – 2. ed.– Brasília: Editora do Ministério da Saúde. 44 p. – (Série B. Textos Básicos em Saúde).

BRASIL. (2010a). Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior. Programa Biotecnologia - Relatório de Acompanhamento de Execução da Agenda de Ação. Disponível em: http://www.pdp.gov.br/Relatrios/Biotec_com2.pdf [Acesso em: 07 ago. 2010]

BRASIL. (2010b). Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior. Programa Complexo Industrial da Saúde - Relatório de Acompanhamento de Execução da Agenda de Ação. Disponível em: http://www.pdp.gov.br/Relatrios/Saude_com2.pdf [Acesso em: 07 ago. 2010].

BRASIL. (2012). Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação. Estratégia Nacional de Ciência, Tecnologia e Inovação. Disponível em: http://www.mct.gov.br/upd_blob/0218/218981.pdf. [Acesso em: 12 fev. 2012].

CAMPOS, André Luiz Sica de. (2006). Ciência, tecnologia e economia. IN: Pelaez, Victor &Szmrecsányi, Tamás (org). Economia da Inovação Tecnológica. – São Paulo: HUCITEC: Ordem dos Economistas do Brasil.

CAPANEMA, L. X. L. & PALMEIRA FILHO, P. L. (2004). A Cadeia Farmacêutica e a Política Industrial: Uma Proposta de Inserção do BNDES. BNDES Setorial, Rio de Janeiro, n. 19, p. 23-48, mar. Disponível em http://www.bndes.gov.br [Acesso em: 26 jul. 2010].

DAL POZ, Maria Ester & BARBOSA, Denis Borges (2009). Incertezas e riscos no patenteamento de biotecnologias: A situação brasileira corrente. IN: IACOMINI, Vanessa. Propriedade intelectual e biotecnologia. - Curitiba: Juruá.

FUNDAÇÃO BIOMINAS. (2009). Estudo das Empresas de Biociências. Brasil, 2009. Disponível em: biominas.org.br/down_actions.php?acao=1&codigo=11[Acesso em: 19 jul. 2010].

GADELHA, C. A. G. O (2004). Complexo Industrial da Saúde: desafios para uma política de inovação e desenvolvimento. In: Saúde no Brasil – Contribuições para a Agenda de Prioridades de Pesquisa. – Brasília: Ministério da Saúde. Disponível em http://bvsms.saude.gov.br [Acesso em: 15 ago. 2009].

GADELHA, C. A. G. O (2006). Desenvolvimento, complexo industrial da saúde e política industrial. Rev Saúde Pública 2006;40(N Esp):11-23. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/rsp/v40nspe/30617.pdf [Acesso em: 10 ago. 2009].

GADELHA, Carlos Augusto Grabois& MALDONADO, José Manuel Santos de Varge (2008). Complexo Industrial da Saúde: Dinâmica de Inovação no âmbito da saúde. IN: GIOVANELLA, Lígia et al. Políticas e Sistema de Saúde no Brasil. - Rio de Janeiro: Editora FIOCRUZ.

OLIVEIRA, Adriana Pereira Martins de. O sistema local de inovação do Estado da Bahia: os habitats de inovação e a relação universidade-empresa. Dissertação (mestrado) - Universidade Salvador – UNIFACS. Mestrado em Análise Regional, 2006.

TIDD, Joe et al. (2008). Caminhos: Exploração de trajetórias tecnológicas. IN: Gestão da Inovação. 3ed. – Porto Alegre: Bookman.

SEI – Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia. (2011). A Bahia no Nordeste e no Brasil: Indicadores econômicos comparados. 2002- 2009. Salvador, v. 3, p. 1-56. Disponível em: http://www.sei.ba.gov.br/index.php?option=com_content&view=article&id=78&Itemid=110. [Acesso em: 12 dez.2011].




DOI: http://dx.doi.org/10.4067/S0718-27242013000300032



Copyright (c)



2017 © Universidad Alberto Hurtado - Facultad de Economía y Negocios. 
Erasmo Escala 1835 - Santiago, Chile.
Economic Analysis Review | Observatorio Económico | Gestión y Tendencias