The Use of Information Systems in Health Care Facilities: A Brazilian Case

Rion Brattig Correia, Jorge Chiodini, Oscar Dalfovo, Luiz Henrique Silva, Rosicler Teske

Abstract


Information technologies are increasingly incorporated into organizational functions. Also in the health sector, the incorporation of new medical technologies brings new challenges for IT managers to gather more and more information about patients. Thus, the aim of this paper is to assess the degree of maturity which healthcare institutions are and have with information technology, ie, how institutions use information systems, if computerized, and how they apply this system in the information management. Through closed questionnaire, 16 healthcare institutions in the north and northeast of the state of Santa Catarina were surveyed. Results show that there is a concern when using information strategically to decision making, even though the development does not follow a curvilinear shape ascending and Information Systems do not include features for analyzing complex data.

Keywords


Technology; Health; Information Systems

Full Text:

PDF [en]

References


ALMEIDA, G. W. De., MELLO, R. C. (2004). Uso de novas tecnologias de informação por profissionais da área da saúde na Bahia. Revista de Administração Contemporânea. 8(3), 9-27.

AZAMBUJA, R. A. de. (2001). Delineando um Sistema de Informações Estratégicas para Pequenas e Médias Empresas de Confecções da Região Metropolitana do Médio Vale do Itajaí. Dissertação de mestrado, Fundação Universidade Regional de Blumenau – FURB, Blumenau, SC, Brasil.

DALFOVO, O. (2004). Sistemas de Informação: estudos e casos: o uso da informação pelos administradores e executivos que obtêm vantagem competitiva. Blumenau : Acadêmica.

DALFOVO, O., TAMBORLIN, N. (2010) Business Intelligence: tecnologia, inovação, empreendedorismo, a integração do conhecimento com sistemas de informação. Blumenau : Clube de Autores.

FURLAN, J. D. (1999). Introdução ao IES: Executive Information Systems. São Paulo: Makron Books.

GIL, A. C. (2009). Métodos e técnicas de pesquisa social. São Paulo: Atlas, 6ed.

ROSSI, J. (2011, June). CFM diz que saúde é subfinanciada no Brasil. Revista Veja. Retrieved June 8, 2011, from http://veja.abril.com.br/noticia/saude/cfm-diz-que-saude-e-subfinanciada-no-brasil.

CARVALHO, A. de O.; EDUARDO, M B de P. (1998). Sistemas de Informação em Saúde para Municípios. São Paulo: Fundação Petrópolis, 6.

BRASIL. (2011, June). Plano Diretor de Tecnologia da Informação. Brasília: Ministério da Saúde. Retrieved June 8, 2011, from http://w3.datasus.gov.br/DATASUS_N/APRESENTACAO/PDTI_09_12_2010_v2.pdf.

LITTLEJOHNS, P., WYATT, J. C., GARVICAN, L. (2003). Evaluating computerised health information systems: hard lessons to be learnt. Information in practice, 326, 860-863.

BRANCO, M. A. F. (1998). Sistemas de informação em saúde no nível local. Cadernos de Saúde Pública. Rio de Janeiro, 12 (2), 267-270.

ASH, J. S., BERG, M., COIERA, E. (2004). Some Unintended Consequences of Information Technology in Health Care: The Nature of Patient Care Information System-related Errors. Journal of the American Informatics Association, 11, 104-112.

BERG, M. (2001). Implementing information systems in health case organizacions: myths and challenges. International Journal of Medical Informatics, 64, 143-156.

STAIR, R. M., REYNOLDS, G. W. (2006). Princípios de sistemas de informação: uma abordagem gerencial. Rio de Janeiro : Pioneira Thomson Learning.

O'BRIEN, J. A. (2001). Sistemas de informação: e as decisões gerenciais na era da Internet. São Paulo: Saraiva.

LAUDON, K. C., LAUDON, J. P. (1999). Sistemas de informação com Internet. Rio de Janeiro: LTC.

SORDI, J. O. de. (2003). Tecnologia da informação aplicada aos negócios. São Paulo: Atlas.

BATISTA, E. de O. (2004). Sistemas de informação: o uso consciente da tecnologia para o gerenciamento. São Paulo: Saraiva.

TEBOUL, J. (1999). A era dos serviços: uma nova abordagem de gerenciamento. Rio de Janeiro : Qualitymark Ed.

LEON, A. (2007). Enterprise Resource Planning. Tata McGraw-Hill Education.




DOI: http://dx.doi.org/10.4067/S0718-27242013000300072



Copyright (c)



2017 © Universidad Alberto Hurtado - Facultad de Economía y Negocios. 
Erasmo Escala 1835 - Santiago, Chile.
Economic Analysis Review | Observatorio Económico | Gestión y Tendencias